Um trabalho de Resgate e de Educação que une compaixão e consciência

O Vale da Rainha é um trabalho de Resgate e de Educação.
Resgate não somente de animais oprimidos e maltratados pelo sistema, mas também, do próprio potencial humanitário.
Através de diversas frentes de trabalho – que envolvem desde o Santuário Vale da Rainha em Camanducaia (Minas Gerais), uma operação em Cunha (São Paulo) e uma série de programas educacionais (presenciais e online), o Vale da Rainha une compaixão e consciência como duas asas que, juntas, possibilitam levantar o voo do “Serviço”, conceito presente na filosofia do Yoga que significa ajuda sincera e desinteressada, em benefício de todos os seres.

Santuário Vale da Rainha

A jornada no Santuário Vale da Rainha começou em 2011 quando o casal Patricia Andrade Varela Favano e Vitor Favano decidiu sair da cidade e se reconectar com a natureza. Se estabeleceram em Camanducaia com a ideia inicial de plantar feijão orgânico e constituir um espaço de retiros e práticas de Yoga. Porém, as circunstâncias da vida apresentaram uma outra missão para eles: a urgência em socorrer animais da região que eram vítimas de maus-tratos, principalmente equinos e animais ditosde produção”, como bois, vacas, porcos e cabras, explorados pela pecuária de corte e de leite

Assim, nasceu o Santuário Vale da Rainha, uma associação sem fins lucrativos que, com apoio de voluntários, resgata, cura e abriga centenas de Mestres Animais – que é como os guardiões Vitor e Patricia os chamam, por reconhecerem que são seres que têm muito a nos ensinar através do exemplo deles, principalmente sobre perdão e amor incondicional.

Desde então, além de resgatar Mestres Animais, o Santuário Vale da Rainha cria oportunidades para compartilhar as histórias dos Mestres Animais – seja por meio de grupos de estudos, vivências, livros, encontros, lives e programas educacionais – com a aspiração de conscientizar as pessoas para que elas possam considerar o veganismo e assim, prevenir novas vítimas. “Coisas não mudam. Pessoas mudam. E pessoas mudadas mudam o mundo” – afirma Patricia.

Mestres Bezerros de Cunha

Em fevereiro de 2022, 302 bezerros foram encontrados em situação de extremos maus-tratos, abandonados à sorte, sem alimentação e sem água, em uma fazenda em Cunha, interior de São Paulo. Também foram encontrados animais mortos e outros, totalmente debilitados, morreram logo após a chegada do resgate. Na ocasião, o caso foi amplamente noticiado pela imprensa. Por decisão judicial, o Vale da Rainha assumiu a guarda, a tutela e os cuidados dos Mestres Bezerros, que hoje vivem no santuário em Cunha, em liberdade, dignidade e sob os cuidados do responsável técnico Dr. Maurice Vidal, médico veterinário do Santuário Vale da Rainha. 

Mestras Búfalas de Brotas

O caso Búfalas de Brotas ficou conhecido como o maior crime de abandono e de maus-tratos do mundo. Em novembro de 2021, mais de 1000 búfalas usadas para a produção de leite foram abandonadas à própria sorte, sem água e alimento, encontradas em situação extrema de maus-tratos. No cenário de desastre, búfalas e cavalos passavam fome e sede, muitos em estado de inanição, em meio às carcaças de animais encontrados mortos. Na ocasião, a tutela dos animais foi legalmente passada para a ONG Amor e Respeito Animal, que guardou os animais por dois anos. Este ano, porém, o pecuarista e réu voltou à cena do judiciário pedindo de volta suas terras e, também, o rebanho de búfalas. A juíza do caso destituiu a ONG Amor e Respeito Animal do cuidado dos animais e, temendo que os animais retornassem às mãos da família do réu, o Santuário Vale da Rainha e o Rancho dos Gnomos se uniram e solicitaram à Justiça autorização para cuidar permanentemente de todas elas. No dia 13 de novembro de 2023, a Justiça decidiu por salvar as búfalas, não retornando-as para a família do réu e, agora, elas estão sob os cuidados e a responsabilidade compartilhada do Vale da Rainha e do Rancho dos Gnomos. Neste exato momento, o trabalho que está sendo realizado é enorme para que as Mestras Búfalas possam sair da fazenda de Brotas o mais rápido possível, chegando em seus novos lares e conquistando sua Vitória e Liberdade em definitivo! Para isso, precisamos de todo o apoio dos que se preocupam e importam, seja compartilhando ou contribuindo financeiramente com Mestras Búfalas de Brotas.

Com isso, atualmente, o Santuário Vale da Rainha possui 3 operações em andamento, uma em Cunha, outra em Camanducaia e agora, também em Brotas, com o objetivo de centralizar todo o seu trabalho na Nova Terra, em Cunha. Hoje, o Vale da Rainha cuida, com todo o amor e responsabilidade, de um total de mais de mil Mestres Animais resgatados de maus-tratos

Centro Educacional Nova Terra (CENT)

“Vivemos uma crise ambiental, social, emocional e de consciência. De verdade, não somos educados. Em alguma instância e de algum modo, somos agressores” – reflete Patricia, guardiã do Santuário.

Diante dessa realidade, o Vale da Rainha sentiu um chamado e uma necessidade de atuar na área da educação. A proposta é aproveitar o contexto de Santuário Animal para promover mudança, ofertando aprendizagens e conscientização através de experiências. Nasceu, então, o Centro Educacional Nova Terra (CENT), não como pedagogia, mas como um espaço de vivências, em que crianças e adolescentes, de todas as classes sociais, podem – por meio de uma experiência real, potente e direta com a terra e com os Mestres Animais, experimentar uma outra conexão com o mundo: comungando com a natureza, brincando, sentindo, questionando o sistema, conquistando autonomia de reflexão e recebendo informações que lhe são de direito, posto que todo conhecimento ou ausência de conhecimento impactará sua vida futura. Para este programa, contamos com apoio nas áreas de pedagogia, psicologia, nutrição e arte. Nosso objetivo é oferecer uma oportunidade para que crianças e jovens possam conquistar uma consciência verdadeiramente coletiva, traçando uma nova rota de existência, não mais perpetuando a normalização do abuso da Natureza, dos Mestres Animais e de outras pessoas. O CENT disponibiliza programas educacionais específicos para escolas, institutos, fundações e famílias, considerando as particularidades dos grupos, ofertando um espaço para colaborar com a construção de uma educação edificada na preservação, nos valores e no propósito de cada ser, para que, através da regeneração do ser humano possamos cocriar uma Nova Terra. 

Hospital-Escola Veterinário

Faz parte também do CENT, um programa educacional voltado especialmente para estudantes de veterinária, pessoas técnicas em desastres e protetores de animais. O treinamento no Hospital-Escola, ministrado pelo Dr. Maurice Vidal, veterinário do Vale da Rainha, tem como objetivo transmitir todo conhecimento e expertise adquiridos em anos de Santuário na cura de animais de grande porte. A iniciativa visa colaborar com a construção de um novo olhar da medicina veterinária perante animais como cavalos, bovinos e porcos que, muitas vezes, por apresentarem problemas pontuais numa pata ou na coluna são eutanasiados. 

Educação através da filosofia do Yoga

“A partir de quem eu sou, eu faço”

Um dos pilares que sustenta o Centro Educacional Nova Terra é a filosofia do Yoga e toda a possibilidade de reflexão, de cura, de autodesenvolvimento e de transformações que podem acontecer a partir do estudo dessa ciência milenar. “O objetivo é se aproximar de reflexões capazes de inspirar mudanças em si, mudanças alinhadas a valores universais de conduta que abrangem a vida de cada criatura viva”afirma Patricia Andrade Varela Favano, guardião do Santuário Vale da Rainha e professora de yoga há mais de 20 anos. Atualmente, Patricia ministra Curso de Filosofia Oriental (online); Meditações Guiadas e práticas de Yoga para iniciantes (online); Retiros de Yoga (presencial no Santuário Vale da Rainha) e Curso de Formação em Yoga com ênfase em filosofia (presencial no Santuário Vale da Rainha). Participar de práticas, cursos e retiros de Yoga é uma forma de colaborar com o Vale da Rainha. Informações e inscrições pelo site svr.org.br/yoga ou com Maysa pelo Whatsapp: (11) 93200-9770.

Formas de colaborar com o Vale da Rainha

O Santuário Vale da Rainha é uma associação sem fins lucrativos. Para colaborar com os custos que envolvem alimentação, tratamentos, instalações e manejo de Mestres Animais, você pode:

https://svr.org.br/apoiomensal/

Por apenas R$49,90 por mês,  você adquire uma espécie de Netflix do Vale da Rainha, tendo acesso à plataforma de streaming com conteúdos em vídeo de meditações guiadas, aulas de Yoga, círculos de reflexão e estudos filosóficos conduzidos pela yogini e guardiã do santuário Patrícia Varela Favano. Mais informações com Gui Anthony: (41) 99900-9571

https://www.valedarainha.com.br/portal-vale-da-rainha


PIX CNPJ 41148294000180

Paypal ahimsa@svr.org.br

Mestres Animais agradecem!

https://svr.org.br/

ASSESSORIA DE IMPRENSA:

GIULIANNA CORREIA

(11) 97382-1219

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *